Novo tremor de terra assusta moradores de cidades do Agreste durante a madrugada


Por volta das 2h20 desta quarta-feira (2), ouvintes de Caruaru e São Caetano ligaram para a redação informando que sentiram a terra balançar. Em entrevista ao comunicador Henrique Bruckman, no programa Comando Geral da Madrugada, o sargento da Polícia Militar Antônio Ferreira relatou o susto.

Uma medição preliminar do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo apontou que o epicentro do tremor foi sentido às 2h19 da manhã, na cidade de São Caetano, e poderia ter chegado a 4,4 graus na Escala Richter. Estes valores, que haviam sido inseridos de modo automático, foram desmentidos pelo Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), que apontou a medição oficial como 3,3 na Escala Richter. No site da USP, é possível verificar que um tremor de menor intensidade atingiu a região nessa terça-feira (1º), por volta das 9h35.

Há exatamente uma semana, um abalo de 3,8 graus na Escala Richter, também em São Caetano, assustou os moradores da Região Agreste. Este tipo de fenômeno é comum na região devido ao deslocamento de rochas que ficam no interior da Terra.
Na última segunda-feira, a cidade de São Caetano recebeu sete equipamentos para a medição dos abalos. Quatro já foram instalados. A UFRN estuda o fenômeno na região desde 1991. Confira a reportagem de Jaciara Fernandes:
Da Rádio Jornal
Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget