Exército pode assumir obras de transposição do Rio São Francisco


O deputado federal Jair Bolsonaro vai encaminhar ao Plenário da Câmara dos Deputados projeto de lei onde dará ao Exército Brasileiro autonomia para dar continuidade as obras de transposição do Rio São Francisco que estão paralisadas após a descoberta do grande esquema de corrupção envolvendo políticos e a empresa Odebrecht, além de outras empreiteiras responsáveis pelo empreendimento.

Até o momento as obras custaram aos cofres públicos o montante de R$ 8 bilhões. Devido ao alto custo e demora em sua finalização, a tarefa de mudar o curso de um dos principais rios do país deve ficar agora com o Exército.

Bolsonaro defende que a Lava Jato deva continuar investigando e realizando suas incursões sobre os envolvidos no maior escândalo de corrupção da história humana, porém as obras não podem ficar estagnadas. O dinheiro que está sendo resgatado através de acordos de leniência poderão servir para equipar e modernizar o efetivo das Forças Armadas bem como investir na contratação de pessoal terceirizado para atuar no campo da construção civil sob a coordenação dos militares até que tudo seja resolvido.

O presidente Michel Temer já sinalizou com a possibilidade de que o projeto seja aceito pelo Planalto, porém necessita de um aval do ministro da Integração, Helder Barbalho.
Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget