Jovem Ouricuriense com Leucemia participa de campanha em busca de doadores de medula óssea

No próximo 15 de setembro (sexta-feira) que marca o dia do Doador de Medula Óssea, haverá caminhada e passeio ciclístico com concentração no Hemope a partir das 17:30 h. A campanha será intensa com objetivo de sensibilizar as pessoas para a doação de medula. Só em Ouricuri três pacientes precisam de um transplante, hoje o Nossa Voz conversou com Thais Alencar. Desde que foi diagnosticada com a doença, Thais emprestou sua imagem e sua história para buscar doadores para si e para outros pacientes. A campanha já está acontecendo e os interessados podem fazer cadastro no Hemope de Ouricuri ou de outra cidade. Hoje Thais se sente estimulada a lutar pela vida, ela conta que tem superado as situações e aumentado o nível de fé e esperança por causa da ajuda das pessoas.
“A ente tá se mobilizando essa campanha para estender mais o assunto para as pessoas que desconhecem o assunto, a gente nunca imagina que isso possa acontecer na nossa família, eu era uma pessoa normal, trabalhava, cuidava do meu filho e hoje vivo praticamente dentro de uma enfermaria de um hospital. Autoestima que nos dá é Deus de onde adquirir uma força que eu não tinha, a gente quando passa por um processo destes, a gente ver como a gente é inútil porque muitas vezes o que o nosso próximo precisa da gente são coisas mínimas, um abraço, um carinho, um eu te amo. Eu tenho uma família maravilhosa que está do meu lado”, disse Thais.
A campanha cresceu nas redes sociais, depois que a paciente usou sua situação para engrandecer a busca por doadores.
“Eu chorava muito quando eu sabia a quantidade de pessoas que tinham doado e que me procuravam, agradecia a Deus todo o momento, no início não tinha campanha e as pessoas iam nos procurar sensibilizadas. Essas pessoas vieram por amor e Deus foi que moveu essas pessoas pra nós. Eu peço que cada pessoa olhe para sua família e veja, que aconteceu comigo, amanhã pode ser quaisquer outras pessoas, quero que saibam que eu preciso delas, que venham ao Hemope para fazer o cadastro e que não é só para mim, mas para muitas pessoas que não tem doador”, falou ela.

Por Cidinha Medrado/  Grande Rio FM/ Foto: divulgação
Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget