Greve dos caminhoneiros: Socorro Pimentel pede prioridade para o Sertão nas ações do Governo do Estado

Durante a Reunião Plenária dessa terça-feira (29), na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Socorro Pimentel se pronunciou a respeito dos desdobramentos da greve dos caminhoneiros e falou do seu apoio ao movimento. A parlamentar também questionou a habilidade do Governo do Estado em lidar com a situação em Pernambuco e falou de ‘colapso no Sertão’.
Mesmo tendo instalado um gabinete de crise, não vimos sequer um único gesto do governador em benefício dos pernambucanos. Em todo o Estado, 60 municípios já decretaram emergência por falta de abastecimento. As regiões mais distantes, como os Sertões Central, do Araripe e do São Francisco, têm sido fortemente penalizadas. As principais emergências do Sertão estão sofrendo com a falta de profissionais por falta de condições de deslocamento”, disse.
Socorro Pimentel sugeriu ainda a criação de uma comissão composta por representantes das diversas regiões do Estado que atue junto ao governo de Pernambuco para tratar de assuntos específicos de cada localidade. “Talvez a situação se normalize em três dias na Capital e na Região Metropolitana, mas levará mais tempo para isso ocorrer no Agreste e no Sertão, onde quase tudo já está em colapso”, defendeu.
Por fim, Pimentel pediu mais ação do Poder Executivo. “Seguiremos aguardando algum sinal do Governo do Estado, alguma medida que beneficie a nossa população, como a redução do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços - ICMS. Como deputada, sertaneja, por estar junto ao povo, vivenciando toda essa problemática, tenho o dever de fazer chegar ao governador a revolta da nossa gente, que já não suporta os preços abusivos dos combustíveis ou do gás de cozinha, por exemplo”, finalizou.
Assessoria de comunicação

Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget