Comerciante é preso por tentativa de homicídio em Parnamirim e confessa participação em outras duas mortes

Um comerciante de 45 anos foi preso na noite de terça-feira (19) na Zona Rural de Parnamirim, no Sertão de Pernambuco, por tentativa de homicídio. Durante a prisão, Edilson Antônio de Farias, residente no Estado de São Paulo, confessou ainda o envolvimento nos homicídios de Leandro José Peixoto e Antônio Florêncio dos Santos Neto.

Durante a prisão, foi apreendido um revólver calibre 38, uma pistola calibre 380, 20 munições calibre 38; 16 munições calibre 380; e uma motocicleta usada na atividade criminosa.

Segundo a polícia, Edilson confessou a participação na tentativa homicídio ocorrida na segunda-feira (18) contra o professor Fábio Furtado Leite, de 42 anos e a agricultora Luzia Maria Lucas Leite, de 41 anos. Eles foram atingidos por tiros de arma de fogo, disparados por dois homens em uma moto, na Rua Padre Cícero, no Centro. As vítimas se encontram hospitalizadas em Ouricuri, com quadro clínico estável.

Edilson confessou ainda que para vingar à morte do irmão Francisco Antônio de Farias, vulgo lunga, morto em 14 de setembro de 2017 em Parnamirim, ele participou do homicídio de Leandro José Peixoto em 17 de novembro de 2017 na cidade. E também teve envolvimento na morte de Antônio Florêncio dos Santos Neto, que morreu no dia 16 de março de 2018 no hospital de Ouricuri, após sofrer uma tentativa de homicídio dois dias antes do crime.

Diante disso, Edislson foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim, juntamente com todo o material apreendido, para ser lavrado o auto de prisão em flagrante.

Por G1 Petrolina
Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget