Em Ouricuri, resolução do MPF sobre carga horária de médicos é discutida pela AMUPE



O Ministério Público Federal passou a exigir das prefeituras a assinatura de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta), para garantir a exigência de 40 horas semanais de trabalho para os médicos contratados pelos municípios.

Para discutir o assunto, o Presidente da Amupe, José Patriota, esteve um Ouricuri ao lado de prefeitos e secretários da Região do Araripe, Vale do São Francisco e Sertão Central. Segundo o presidente do Cisape, Prefeito de Trindade Dr Everton Costa, “é importante que o Ministério Público escute o apelo de quem está na ponta, cuidando dos serviços e do atendimento ao povo. Os profissionais de saúde protestam e, muitas vezes, preocupante para todos.”


As resoluções da reunião serão levadas ao MPF pela Amupe. Além de prefeitos e secretários, estiveram presentes na discussão representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 

(COSEMS/PE).
Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget