Fiepe debate sobre novas matrizes energéticas para a indústria do Araripe

As novas formas de energia para a indústria foram o tema central da reunião do Conselho Empresarial da Fiepe do Araripe, realizada nessa quarta-feira, 21, em Araripina, com a presença de empresários e representantes das empresas Golar Power em parceria com a estatal Copergás e da Solar do Araripe. 

A discussão sobre fontes alternativas para a indústria regional nasceu das sugestões dos próprios empresários, especialmente do polo gesseiro, que estão buscando matrizes energéticas econômica e ambientalmente sustentáveis. Para analisar as diversas opções foram apresentadas soluções com o Gás Natural Liquefeito (GNL) e Energia Solar e os representantes das empresas mostraram os benefícios de cada uma delas.

A Golar Power, em parceria com a Companhia Pernambucana de Gás – Copergás, está investindo na expansão do GNL e também GNV (Gás Natural Veicular) para diversas cidades pernambucanas a exemplo de Araripina. De acordo com o executivo da empresa, Marco Tulio Rodrigues, até o mês de dezembro deste ano ou, no máximo, em março de 2020, a cidade de Araripina terá GNL que poderá ser usado pela indústria ou em outros segmentos econômicos. “A parceria entre Golar Power e Copergás é a garantia que o GNL/GNV chegará a diversas cidades pernambucanas. Seremos responsáveis pela logística dos produtos e a Copergás cuidará da distribuição para os clientes, que pagarão o mesmo preço praticado em todo o estado”, destacou.

Outra fonte energética em estudo é a solar e a tecnologia foi apresentada pelo diretor da empresa Solar do Araripe, Daniel Costa, que destacou os projetos em execução na região e as características das placas solares, que possuem garantia de até 25 anos e geram economia de até 95% nas contas de energia elétrica. “O Araripe Pernambucano é rico em energia solar e as indústrias devem aproveitar este potencial para ter uma matriz energética limpa, renovável e que não agride ao meio ambiente”, reforçou.

De acordo com o Diretor da Unidade Regional Sertão do Araripe da Fiepe, Francisco Alves, a indústria regional está no caminho correto ao procurar novas alternativas de matrizes energéticas. “A Fiepe cumpre seu papel de contribuir para o desenvolvimento da indústria regional dando aos seus empresários a oportunidade de analisar novos cenários para o negócio. Este exercício de buscar novas formas de energia está diretamente ligado com a modernização, especialmente do polo gesseiro, que a cada dia procura melhorar seus processos para gerar mais qualidade e inovação aos produtos”, destaca.

A reunião do Conselho Empresarial teve a presença da presidente do Sindusgesso, Ceissa Costa, do diretor regional adjunto da Fiepe, Aureliano Galvão, da representante do Sebrae Unidade do Araripe Rossana Webster e dos empresários do conselho.

Assessoria de Comunicação
Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget