Mulheres do Araripe vão representar a região na conferencia estadual de politicas para as mulheres em Gravatá


Fonte: Lourisvanda Alves - Coordenadora Regional do Araripe da secretaria da mulher do estado de PE

O estado de Pernambuco está realizando o 5º Ciclo de Conferências de Políticas para as Mulheres com o tema “Mulher e Democracia” Uma agenda de Luta por Direitos Iguais, a etapa municipal aconteceu de julho a 20 de Setembro de 2019.

O Araripe iniciou suas conferencias no município de Exu onde mais de 200 Mulheres participaram do evento, em 22 de Agosto na Conferência da Mulher de Trindade a Secretária Estadual, Sílvia Cordeiro esteve presente reforçando a importância desse momento e ouvindo as demandas das Mulheres do Araripe.

Já nos dias 11 e 13 de Setembro foram os Municípios de Moreilândia e Santa Cruz que fizeram suas II Conferências voltadas para as mulheres.  Em Ipubi, dia 14 de Novembro foi realizada a Conferência Livre na Associação de Mulheres de Serrolândia onde propostas foram levantadas para o Estado contemplando as especificidades das Mulheres mandiocultoras.

O Município de Santa Filomena reuniu mulheres do campo e da cidade para a II CMPM, estiveram presentes 104 Mulheres. Granito se destaca no Araripe por seu pionerismo na política para as Mulheres, realizou sua IV Conferência e é o único município do Araripe a ter CEAM(Centro Especializado de Atendimento as Mulheres vítimas de violência doméstica).

Ouricuri e Araripina realizaram suas primeiras Conferências. Araripina mobilizou as Mulheres através de cinco pré-conferências nos distritos do Município.  As propostas levantadas para Município, Estado e União foram diversas, considerando os principais desafios que as Mulheres enfrentam:

Propostas em comum eleitas nos 10 municípios do Araripe

Implantação da Delegacia Especializada da Mulher, Financiamento para os Organismos, Criação das Secretarias de Mulheres nos Municípios, Realização de Seminários entre outras ações para discutir a importância da Mulher na política, Formação com Profissionais da saúde, polícia e outros órgão para atendimento especializado as Mulheres, Implantação da Patrulha Maria da Penha, Formação e divulgação dos Serviços para as Mulheres nas suas comunidades, Ampliação do Programa Mãe Coruja, Ampliação e viabilização de Cursos Profissionalizantes para as Mulheres.

Além das propostas foram eleitas 24 Delegadas dos nove municípios com exceção de Ipubi. Essas Mulheres participarão da etapa Estadual que acontecerá dia 30 e 31 de Outubro em Gravatá. A Conferência Nacional está prevista para ocorrer em Novembro de 2020.

No Geral o Araripe mobilizou mais de 1000 Mulheres nessas Conferências, representantes de Associações, Igrejas, ONGs, Movimentos Sociais do Campo e Cidade. Autoridades como: Prefeitos, Vereadoras e Vereadores, Polícia Militar, Civil e Polícia Cientifica acompanharam e participaram desse processo que pela primeira vez cobriu todo território do Araripe e colocou em pauta as questões relacionadas as Mulheres.

Marcadores:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget