Coronavírus: CDL Ipubi se junta aos Dirigentes Lojistas e pedem reabertura do comércio em Pernambuco

A Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Pernambuco (FCDL-PE) divulgou ontem uma nota em que apela para que o comércio no Estado seja reaberto. Os negócios estão fechados desde o último dia 20, por ordem do governador Paulo Câmara, como medida para evitar proliferação do coronavírus. 

Apesar do material enviado à imprensa, não foi destinado nenhum ofício ao Palácio do Campo das Princesas com a solicitação de reabertura. Nesta sexta-feira (27), o governador Paulo Câmara alfinetou os que pedem reabertura do comércio, dizendo que só pensam no próprio umbigo e não olham o povo".

No documento, a FCDL-PE pontua que o fechamento do comércio tem afetado a economia e arriscado a falência das empresas, que dependem de faturamento diário para seguir no mercado. A principal preocupação tem sido com o comércio no interior do Estado, como aquele que depende do polo de confecções.

O movimento surgiu na CDL Ipubi no sertão do Araripe através do presidente Daniel Torres que acionou a Federação pedindo o empenho das demais CDLs de todo o estado, segundo Daniel o município de Ipubi entre outros do Araripe estão vivenciando um momento difícil com o comercio fechado “a economia é a mola mestre de um País de um estado e também dos municípios, defendo o isolamento vertical dos que estão no grupo de risco, más com o comercio funcionando mesmo que seja com um controle de publico para não provocar aglomerações” afirmou Daniel.

O presidente da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Pernambuco Eduardo Catão se disse também empenhado para a volta do comércio "Reconhecemos e prezamos por todos os cuidados que precisam ser tomados por toda a população para a inibição do contágio do coronavírus, mas não podemos deixar de entender o estado de emergência econômica que está se estabelecendo no interior", alerta o presidente da FCDL-PE Eduardo Catão.

A iniciativa das CDLs solicita de imediato a abertura do comércio em cidades que não tem caso registrado do coronavírus, o documento solicita também do governo do estado a isenção de impostos do comercio que passa por momentos difíceis durante a pandemia.


Com Informações  do Jornal do Comércio 
Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget