Início NOTÍCIAS Médico de Araripina receberá prêmio internacional por projeto sobre o tratamento da...

Médico de Araripina receberá prêmio internacional por projeto sobre o tratamento da Chikungunya.

51
0
O médico reumatologista Kennedy Amaral teve seu projeto sobre o
tratamento do reumatismo crônico da Chikungunya selecionado pelo American College of Rheumatology e pela
The International League of Associations
for Rheumatology
para receber um prêmio de financiamento. As instituições
abriram seleção para projetos inovadores na área da reumatologia e o médico,
que atende em Araripina e Ouricuri, inscreveu seu projeto para divulgar sobre
sua experiência com o tratamento de pacientes que sofrem com reumatismo causado
pela infecção do vírus chikungunya.
Há mais de um ano o reumatologista tem pesquisado e publicado artigos
sobre o tratamento desta forma de reumatismo. Seu grupo de pesquisa conta com
apoio de professores de prestigiadas universidades do mundo, como a Yale
University, Johns Hopkins University, University of Colorado e University of
Oxford. Segundo Kennedy, “os dados atuais mostram que aproximadamente 500.000
casos de febre chikungunya foram notificados no Brasil desde 2014. Levando-se
em consideração que, segundo os estudos, até 60% das pessoas infectadas
permanecem com sintomas crônicos, estamos diante de uma doença com grande
impacto na saúde pública”.
“Fico feliz em receber este prêmio de financiamento, pois desta forma
será possível divulgar os resultados mais atuais em termos de conduta e
tratamento do reumatismo crônico pós-chikungunya resultado de nossos estudos e
de outros realizados em várias partes do mundo”, afirma Kennedy Amaral.
Ele alerta para a possibilidade de deformidades articulares, síndromes
raras, descompesação de doenças como hipertensão, diabetes, osteoartrite e
outras doenças reumáticas, além de depressão. De acordo com o especialista, as
pessoas que apresentam sintomas persistentes após febre chikungunya, como dor
nas articulações, inchaço, dores musculares e vermelhidão nas articulações
devem procurar um reumatologista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui