Início BRASIL Paraná Pesquisas em pernambuco : Lula tem 54% ; Bolsonaro, 23%; Ciro,...

Paraná Pesquisas em pernambuco : Lula tem 54% ; Bolsonaro, 23%; Ciro, 5%; Moro, 3%

57
0

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado hoje aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança entre eleitores do estado de Pernambuco. No cenário testado, com sete pré-candidatos, Lula aparece com 54,2% das intenções de votos na pesquisa estimulada, quando os nomes são apresentados ao entrevistado. Em seguida, está o presidente Jair Bolsonaro (PL), com 23,4%. A margem de erro é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos. Na sequência, vêm os ex-ministros Ciro Gomes (PDT), com 5%, e Sergio Moro (Podemos), com 3,4%, tecnicamente empatados dentro da margem de erro.

Empatam com Ciro e Moro, dentro na margem de erro, o deputado federal André Janones (Avante), com 1,5%, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 0,9%, a senadora Simone Tebet (MDB), com 0,3%, e o cientista político Luiz Felipe D’Ávila, com 0,1%, Feita com recursos próprios, essa foi a primeira pesquisa divulgada pelo instituto em Pernambuco para o governo federal. Foram ouvidos 1.510 eleitores com 16 anos ou mais em 58 cidades do estado entre 19 e 24 de março. O índice de confiança do levantamento é de 95%, e o registro da pesquisa junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-08781/2022.

Veja o cenário de 1º turno testado pelo levantamento: Lula (PT): 54,2% Jair Bolsonaro (PL):23,4% Ciro Gomes (PDT): 5% Sergio Moro (Podemos): 3,4% André Janones (Avante): 1,5% João Doria (PSDB): 0,9% Simone Tebet (MDB): 0,3% Luiz Felipe D’Ávila (Novo): 0,1% Nenhum/branco/nulo: 7,5% Não sabe/não respondeu: 3,6% O instituto não fez simulações de segundo turno. O Paraná Pesquisas é uma empresa de Curitiba, fundada em 1990. Realizou seu primeiro levantamento sobre intenções de voto para presidente em 2013 e, desde então, divulga pesquisas eleitorais pagas com recursos próprios ou de financiadores diversos. Na eleição de 2018, o instituto fez pesquisas com entrevistas presenciais.

Por

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui