Início PERNAMBUCO Pesquisa Opinião: Marília avança 6 pontos, Miguel passa Anderson, encosta em Raquel...

Pesquisa Opinião: Marília avança 6 pontos, Miguel passa Anderson, encosta em Raquel e Danilo não decola

104
0

Candidata do Solidariedade ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes se mantém na liderança em nova pesquisa de intenção de voto do Instituto Opinião, com 34,7%. Em relação ao último levantamento, realizado em junho, ela cresceu seis pontos percentuais. Em segundo lugar, num cenário de empate técnico, aparecem empatados a candidata do PSDB, Raquel Lyra, e o candidato do União Brasil, Miguel Coelho, 11,8% e 10,3%, respectivamente.

A tucana, entretanto, caiu um ponto – estava com 12,6%. Já Miguel cresceu quase dois pontos – estava com 8,7% na pesquisa passada. Em seguida, também num cenário de empate técnico, aparece o candidato o candidato do PL, Anderson Ferreira, com 8,3%. Na comparação com a anterior, perdeu menos de um ponto.

Já o candidato do PSB, Danilo Cabral, recuou de 4,5% para 4,3%. João Arnaldo (PSol) pontuou apenas 0,7%, Esteves Jacinto (PRTB) vem depois com 0,6%, Cláudia Ribeiro (PSTU) teve 0,4%, mesmo percentual de Wellington Carneiro (PTB). Jadilson Bombeiro (PMB) foi lembrado por 0,3%, Jones Manoel (PCB) por 0,3% e, por fim, Ubiracy Olimpio (PCO) por 0,1%.

Brancos e nulos somam 11,2% e indecisos 16,6%. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é obrigado a lembrar o nome do candidato sem o auxílio da lista com todos os nomes, a ordem de preferência do eleitor também é a mesma: Marília aparece com 16,1%, Raquel com 5,6%, Miguel com 5,3%, Anderson com 4,2% e, por fim, Danilo com 1,9%. Brancos e nulos somam 7,7% e indecisos chegam a 56,9%.

No quesito rejeição, Marília também lidera. Entre os entrevistados, 12,1% disseram que não votariam nela de jeito nenhum, seguida por Danilo (6,5%), Anderson (6,5%), Miguel (4,2%), Raquel (4%) e João Arnaldo (1,4%). A pesquisa foi a campo entre os dias 5 a 7 últimos, sendo aplicados dois mil questionários presencialmente em 80 municípios das mais diversas regiões do Estado.

O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. A pesquisa está registrada sob os protocolos BR-02516/2022 e PE-01429/2022.

Na estratificação do levantamento, Marília tem maior percentual de intenção de voto entre os eleitores acima de 60 anos (38,1%), entre os eleitores com grau de instrução até a nona série (37,4%) e entre os eleitores com renda de até dois salários (35.6%). Entre os entrevistados que se manifestaram pelo seu nome, 35,5% são homens e 33,7% são mulheres. Já Raquel tem suas melhores taxas entre os eleitores com renda familiar superior a 10 salários (19,7%), entre os eleitores com grau de instrução superior (19,7%) e entre os eleitores jovens, na faixa de 16 a 24 anos (16,7%).

Quanto ao sexo, 12,3% dos seus eleitores são homens e 11,5% são mulheres. Miguel Coelho, por sua vez, tem suas maiores intenções de voto entre os eleitores jovens (13%), entre os eleitores com renda familiar entre cinco e dez salários (12,8%) e entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (10,8%). Entre os eleitores que se manifestaram por ele, 13,3% são do sexo masculino e 7,8% do feminino. Anderson tem suas maiores taxas entre os eleitores com renda familiar entre cinco a dez salários (13,3%), entre os eleitores com grau de instrução superior (10,7%) e entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (9,9%).

Por sexo, entre os entrevistados que preferiram o nome do candidato do PL, 9,8% são homens e 7,1% são mulheres. Danilo Cabral, por fim, tem suas maiores taxas de intenção de voto entre os eleitores com renda entre dois a cinco salários (6,2%), entre os eleitores com grau de instrução superior (6%) e entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (5,2%). Por sexo, entre os eleitores que disseram que votariam no socialista, 4,4% são homens e 4,2% são mulheres.

Na estratificação por região, Marília aparece assim: Região Metropolitana (37,9%), Zona da Mata (37,2%), Agreste (31,5%), Sertão (35,2%) e São Francisco (19,8%). Raquel, por sua vez, está assim: Metropolitana (6,3%), Zona da Mata (9,1%), Agreste (26,6%), Sertão (8,8%) e São Francisco (2,3%). Miguel Coelho segue a seguinte ordem: Metropolitana (3,7%), Zona da Mata (4,7%), Agreste (8,1%), Sertão (17,1%) e São Francisco (62,6%).

Anderson tem a seguinte pontuação por região: Metropolitana (14,8%), Zona da Mata (5%), Agreste (4,2%), Sertão (1,8%) e São Francisco (2,3%). Danilo, por fim, aparece assim: Metropolitana (2,7%), Zona da Mata (3,4%), Agreste (6,3%), Sertão (8,4%) e São Francisco (1,5%).

por blog do Roberto Gonçalves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui